Gente que não entende

Tem gente que não entende.
Não entende o quanto sofre uma pessoa que viveu terríveis momentos em um namoro.
E agora opta em não se envolver, pelo menos por enquanto.

Tem gente que não entente.
E critica.
E julga.
E supõe.

Tem gente que pensa que é fácil confiar de novo.
Não. Não é fácil minha gente!
Exige uma disposição lá de dentro.
Isso exige muita disposição e coragem: dar votos de confiança, com esperança e medo.
Confiar querendo que o outro seja confiável, mas com medo que ele não seja.

Tudo isso não é fácil minha gente!

{AnaVi}

17 comentários:

Adriana Balreira disse...

Tem coisa pior que pessoas que não passou pelas dores da vida e vem lhe dar conselhos ou até mesmo criticar sua dor? Não aguento esse tipo. E sei bem o que vc está passando, não é fácil confiar e abrir o coração novamente. Mas só digo uma coisa, nada melhor que o tempo. E tire esse tempo para você! Para vc fazer o que gosta, o que passa o tempo!
Beijos
Adriana

Bell disse...

Se a gente for dar atenção para tudo que os outros acham, a gente deixa de viver para nós e passamos a viver em favor dos outros.
A vida é sua, faça suas escolhas.

bjokas =)

Patricia Romanato disse...

Sei bem o que é isso, mas lembre-se tem gente boa no mercado, assim como você.
Tem que se abrir, conhecer e como dizia minha vó, com um olho aberto e outro fechado, sem expectativas.

Eu demorei demais para confiar em alguém... e mesmo confiando, não pode dormir, pois se não a onda leva!

Beijocas

✿ chica disse...

Não é fácil, mas pouco a pouco a confiança aparece.Mas ninguém pode aconselhar...Só viver! bjs praianos,chica

Janaína de Souza Roberto disse...

Não é mesmo fácil, Ana. fácil é julgar quando não se vive aquela situação, mas tenha uma certeza: tudo passa!

Beijocas,
Nina & Suas Letras

Nanda Pezzi disse...

Com certeza... não é fácil mesmo!!
E essa gente que critica não merece atenção ;)
Mais um dia a pessoa certa aparece e tudo que era tão difícil fica inesperadamente fácil novamente <3

Beijão Ana

Ana Paula disse...

Isso exige cura; uma cura interna no seu tempo e não no os outros esperam...
Beijo!

Crika Lourenço disse...

Não é facil mesmo! Aos olhos alheios pode até ser. Mas quando acontece com a gente. Hummmm aí a coisa muda de figura! Bjs
Amorecos by Crika

Jéssica Mirtiany disse...

Olá, Ana. Primeiramente digo que teu blog é lindo e amei ter vindo aqui. Só hoje é que fui reparar teus comentário numa postagem minha, que por sinal já respondi. Perdoe-me! rs. Pois bem, não é nada fácil se envolver em outro relacionamento quando se acaba de sair de um, pois penso que não se está totalmente recuperado, se bem que depende de cada caso. Talvez haja alguma espécie de trauma deixado por outrem, e que possivelmente outra pessoa possa vir com cuidado e curar essas feridas deixadas, mas, talvez isso leve um pouco de tempo, pelo menos até quando nos decidamos sobre o que deve ser feito. Enquanto isso não acontece, e não nos sintamos incomodados por estar sozinhos, o que conta então a opinião de quem não se envolveu, mas se envolve apenas com palpites? Então, só relaxa e espera que a vida há de nos surpreender sempre...

Beijos!

Aline Teles disse...

Ótima postagem. O ser humano tem o péssimo hábito de julgar os outros. É tão lamentável isso. Ninguém pode supor o que é melhor para outro. Ninguém pode sentir pelo outro. Será que não é possível respeitar as diferenças?

Camila disse...

que coisa linda esse texto.. muito amor o seu blog..
Beijos!!

http://casinhadacamy.blogspot.com.br/

Cristiano disse...

Espero que supere...

Jussara Neves Rezende disse...

Às vezes é preciso arriscar, AnaVi. O medo é muito paralizante, eu sei, e como diz o ditado, gato escaldado até de água fria tem medo. Porém, quem não arrisca não petisca... Falou a medrosa que se tranca em casa e não arrisca nada... rs
Mas é assim... as pessoas sempre pensam muitas coisas, mesmo que não entendam o que dizem.
Conselho de amiga? Guie-se pela sua consciência e pelo seu coração. Ocupe-se com o que lhe faz feliz. Sempre é o melhor caminho.
............
Fiquei muito feliz por receber seu lindo cartão :) e espero em breve lhe enviar um também. Obrigada!

Meire disse...

Oi Ana Virgínia,

já vivi isso muitas vezes em minha vida, mas aprendi que o foco é a alegria, o meu bem estar. Só que não deixava de conhecer novas pessoas, e começava uma amizade apenas, e a medida que ia conhecendo, via onde estava pisando.
O seu texto ficou lindo e espero que se tiver acontecido com você, possa seguir em frente feliz da vida, pois você é que é importante.

Bejim e vou ler seu post sobre cabelos crespos, adoroooo.

✿ chica disse...

Ana, lindo e verdadeiro teu texto.Não é fácil!! Chegamos de volta da praia ontem e recebi teu lindo cartão! Obrigadão! bjs, tuuuuuuuuuuuuuudo de bom,chica

Gláucia Minetto Martins disse...

Realmente, ninguém sabe o que se passa com o outro, jamais. Só quem sabe é quem vive!

Obrigada pela visita!
Adorei seu blog! Agora sou uma seguidora. hehe

Beijos.

Olhar de Anjo disse...

Ana, realmente tem gente que não entende!
Mas cada um tem sua maneira de aprender a compreender o próximo.
Passando pra deixar um abraço e deseja todas bençãos!

Flavinha

<< >>