Páginas

16 julho 2018

Canela - RS

Canela está na lista dos lugares a serem visitados daqueles que se organizam para viajar para Gramado. 




É uma pequena cidade que está muito próxima de Gramado, apenas 7km de separam uma da outra. Nos dias que fiquei em Gramado, fui em Canela 3 vezes. Uma delas foi para almoçar. Nós compramos algumas refeições no site Laçador de Ofertas e quando observamos um dos restaurantes era em outra cidade. Mas como a cidade é tão pertinho, não fez tanta diferença assim. 



Um dos cartões postais de Canela é a Igreja de Nossa Senhora de Lourdes. Linda construção e bem aconchegante por dentro.

Tive um instante de silêncio ali. Uma oração de gratidão ao meu Criador.


Eu também voltei à Canela, nos dias que estive em Gramado, para visitar a Vinícola Jolimont. 
Essa vinícola fica um pouco depois da cidade de Canela e é um lugar que eu quero voltar. 



Em Gramado e Canela eu vivi uma experiência interessante... sobre seguir nossos instintos, aquela vontade do nosso coração, aquela ajuda do nosso anjo da guarda. 

Eu viajei com algumas amigas. Percebemos que não tínhamos todo o tempo para fazer tudo que que queríamos. E nós queríamos coisas diferentes.

Eu, por exemplo, queria muito conhecer uma Vinícola do sul do Brasil e essa não era uma prioridade pra elas. 

Tem problema isso? Claro que não tem. Quando as pessoas se resolvem com maturidade, não tem problema nenhum viajar juntas e fazer programas diferentes no destino da viagem. 

Fiquei um dia inteiro "sozinha" em Gramado. 

Fiz contato com algumas vinícolas pelo Instagram, para saber o horário de funcionamento, a distância do local que eu estava hospedada e tal... 

Mas era um dia chuvoso, frio, preferi fazer algumas coisas perto da minha hospedagem e pensar na Vinícola em outro dia. 

Então... fui eu visitar a Fábrica de Chocolate que ficava pertinho da minha hospedagem. Essa também era uma das minhas prioridades dentre os pontos turísticos de Gramado. 

Depois de visitar as esculturas de chocolate os turistas têm direito a uma degustação. 

E foi nessa degustação que eu conheci o sr. Luiz. 

Ele é um guia local de Gramado e Canela.

Falou-me sobre o seu trabalho e seus valores... Falou sobre as Vinícolas daquela região e foi ele que me levou pra conhecer a Jolimont.

Marcamos para o outro dia o tour por Canela e a visita à Vinícola.

Que passeio gostoso, que paz pra alma, que liberdade!

Vou postar em breve meu tour nessa Vinícola.








Até Breve. 

Slow Internet

Uma inspiração minimalista que faz bem pra vida da gente...





Eu acompanho o blog da Camile Carvalho: Vida Minimalista.

Suas últimas postagens nos trazem reflexões sobre nossa postura nas redes sociais. Nossa busca por seguidores e curtidas, nosso vício por visualizar os stories de perfis que não nos trazem alegria, pelo contrário, nos trazem angústia.


Lembro do início deste blog, das pessoas que por aqui passavam (e ainda passam) sem pressa, querendo uma interação verdadeira. Essas interações por aqui tornaram-se encontros reais com sorrisos, abraços, partilha de experiências de vida.


As postagens da Camile fizeram bem pra mim, por isso trouxe ela aqui para o meu blog. Pode fazer bem pra você também.

A Slow Internet ... '' É um movimento que rema contra a maré da superexposição, do consumismo digital (não apenas relacionado a compras, mas a consumo de informação) e que nos mostra que podemos pisar no freio e desacelerar um pouco esta ansiedade de estar sempre conectado, sempre disponível e sempre consumindo tudo o que encontramos pela web. Se antes, na época das coleções de enciclopédias, já era difícil absorvermos tudo o que aquelas páginas guardavam, imaginem agora que temos estímulos constantes pulsando em nossas mentes disputando nossa atenção pela internet? Clique aqui, leia, compre, assista o vídeo e etc.


A boa notícia é que podemos ter o controle. Por mais que as redes sociais tenham se transformado em grandes simulações de praças de guerra – vide época das eleições e outros debates – podemos ser mais seletivos quanto ao conteúdo que queremos receber. 

Quais páginas curtimos no Facebook? 

Quantos perfis seguimos no Twitter ou Instagram

São pessoas que nos causam alegria, que nos colocam pra cima e dão dicas legais que podemos pôr em prática ou personalidades da web que apenas esbanjam um estilo de vida que nunca teremos e que nos causam um sentimento de não-pertencimento? 

O que queremos encontrar nas redes sociais? 

O que esperamos ao entrar de 10 em 10 minutos no nosso Facebook? 

O que nos causa ansiedade?

Podemos ter o controle. Basta selecionarmos melhor quais conteúdos queremos receber. 

Desapegue, faça um declutter digital. 

Desconecte-se um pouco. 

Eu mesma tentarei respirar um pouco de ar puro e repensar sobre o que ando escrevendo, compartilhando e produzindo em minhas redes sociais e blog. Talvez eu tire do ar alguns posts mais pessoais que acho irrelevantes e talvez faça uma revisão em outros que acho interessantes, complementando informações e corrigindo possíveis erros para melhorar a qualidade das informações do blog."


08 julho 2018

Copa do mundo 2018

A cada 4 anos a gente se reúne para assistir aos jogos da Copa do Mundo. 
Sabe aquele tipo de gente que não entende nada de futebol, só senta pra assistir aos jogos na copa do mundo e faz longos comentários sobre o jogo? 
Sim... sou eu. 

Aqui em casa tudo é motivo pra gente reunir a família, gritar juntos, torcer juntos.

Nessa copa também fizeram sucesso os brigadeiros da Divino Brigadeiro.









20 junho 2018

Chá de lingerie Rosa e Preto



Há alguns anos eu postei aqui o Chá de Lingerie da minha prima, que ajudei a organizar.

Agora volto a trazer fotos e inspirações para chá de lingerie. 
Desta vez estamos na organização do casamento de uma amiga daquelas com quem a gente sempre gosta de ficar perto. 




A Divino Brigadeiro JF ficou por conta do bolo e brigadeiros, enquanto a família da noiva preparou toda a decoração, flores, balões... E como podem ver, ficou tudo muito lindo. 





Os brigadeiros seguiram as cores da decoração... 




Essas tags para colocar em cima doces ou bolos são super fáceis de fazer.
Geralmente eu busco essas inspirações no pinterest, coloco num arquivo do word ou power point e envio para uma gráfica que tem aqui em Juiz de Fora que faz corte a laser. 

Eu insiro várias imagens, do tamanho que eu quiser em um arquivo do tamanho A4. Eles cobram por folha. Se tiver 20 desenhos na mesma folha a gente paga o corte laser de uma folha. 

Eu sempre tento inserir o máximo de desenhos para aproveitar o espaço e economizar.

Aqui em Juiz de Fora eu faço isso na gráfica imprix

O corte a laser dá uma certa delicadeza para topos de bolo, de doces... 

Deixo no final deste post os moldes que usei. 




O bolo também fui eu quem fiz... e a família da Letícia ajudou na decoração dele. 



Para seguir a decoração rosa e preto fizemos moranguinho ou bicho de pé, como muitos conhecem. 
É o brigadeiro com gelatina de morango ou quique. 

Fizemos brigadeiros tradicionais e também o de capuccino com Nutella. 

O brigadeiro de amendoim crocante fez parte do contexto rústico da decoração. 



Esses potinhos no formato de brigadeiro estavam recheados com brigadeiro de colher. Fizemos brigadeiro de conhaque e serviu como uma lembrancinha para as convidadas levarem pra casa. 




No chá da Rafaella nós fizemos um "compromisso do noivo" ou "cheque em branco". 
Pode ser uma folha ou um caderninho que o noivo, antes do chá de lingerie, assine em branco. 
E se compromete a cumprir todas as orientações que as amigas da noiva (que estarão no chá de lingerie), escreverão naquele papel ou naquele caderninho. 

No chá da Letícia fizemos esse caderninho lindo.

E as orientações das amigas da noiva foram perfeitas!



A noiva também preparou um kit contendo esmaltes e lixas de unha como lembrancinha para as convidadas. 



Deixo abaixo os moldes que usamos para fazer as tags para os brigadeiros, as plaquinhas...
As tags foram retiradas do pinterest. Também tem muita coisa legal nesse site aqui.













E vocês... gostam dessa ideia de chá de lingeries? 

Abraço.
AnaVi



17 junho 2018

Empadinha muito fácil

Na cozinha eu mando bem nos doces e bolos.
Agora... fazer comida ou pratos salgados não é tanto a minha especialidade.

Mas... um dia desses, mexendo num caderno de receitas que temos aqui em casa me deu vontade de fazer uma empadinha, de comer uma empadinha feita por mim.

Fiz uma, duas, três... muitas vezes essa empadinha.

É uma receita super fácil. A massa é com apenas dois ingredientes e o recheio pode ser o que a gente quiser.

Nas fotos abaixo eu mostro dois dos recheios que eu fiz: um é o recheio de queijo e o outro é uma maionese com legumes picados bem pequenininho. Por aqui, chamamos esse salgadinho que tem maionese de "barquete".





No recheio de queijo eu já fiz de várias formas... 
Na foto acima, fiz a metade com queijo parmesão ralado e com queijo gorgonzola (que ficou espetacular)

Segue a receita: 


Massa: 
200g de manteiga com sal
3 xícaras de farinha de trigo
(amassar até soltar da mão)

Recheio:
2 ovos
50ml de leite
10 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
5 colheres de sopa de muçarela ralada 
1 colher de sopa de maisena
1 colher de sobremesa de fermento em pó 
(Bater tudo no liquidificador)

* Rende aproximadamente empadas pequenas
* Assar por aproximadamente 30 minutos
* Eu não usei sal na massa porque usei a manteiga com sal
* Algumas pessoas usam margarina. Eu usei manteiga mesmo
* No recheio acima, eu substituí o queijo parmesão por um pedaço do queijo gorgonzola


Abraço.
AnaVi. 


Novo Layout

O blog de cara nova e a tentativa de estar mais presente por aqui.

AnaVi.



04 junho 2018

Um amor puro...


"Um amor puro não sabe a força que tem"

Assim seguimos o mês de junho. 

Muitas bênçãos pra você.