Não preciso de Cadiveu

O título deste post se refere a uma resposta das portadoras de cabelos lindos afros, crespos e cacheados à uma infeliz campanha publicitária da marca de produtos de beleza para cabelos Cadiveu.

A propaganda dessa marca consistiu em colocar perucas do estilo black power, juntamente com uma placa escrita "Eu preciso de cadiveu".




Foi instantânea a resposta daqueles que se sentiram ofendidos. Nas redes sociais surgiram críticas à essa campanha, que foi classificada como preconceituosa e racista. Essas críticas levaram a fundadora da empresa, Cláudia Alcântara, a postar uma infeliz mensagem de esclarecimento.


"Quero dizer a vocês que essa brincadeira que nós fazemos é tão divertida e contagiante, que é sucesso no mundo inteiro, em todos os eventos", postou a empresária. "Essa 'peruca' é falsa, feita de plástico e não lembra um cabelo humano nem a quilômetros de distância", acrescentou.

Diante da repercussão negativa, poucas horas depois, a fundadora da marca publicou um pedido de desculpas. "Pessoal, respeito a opinião de todos! E peço desculpas do fundo do meu coração se ofendi alguém. Essa não foi a minha intenção. Nós simplesmente (por um erro de falta de análises) não ligamos essa brincadeira a uma atitude preconceituosa. Sinto muito por isso e segue meu pedido de desculpas", escreveu Claudia, que publicou junto com a mensagem uma imagem com a mensagem "Amamos Black Power".

O que dizer?
Como uma afrodescendente de cabelos crespos, demonstro aqui neste meu espaço, minha indignação ao ver propagandas como essa. 
Ainda que muitos digam que não tem nada a ver com preconceito, eu considero como sendo.
A sociedade, a mídia, ditam uma "falsa beleza", um ideal a ser seguido e nós, mulheres, (também os homens),  somos sufocadas, massacradas, tentando ser uma coisa que não é de nossa natureza.

Dizem que bonito é o cabelo liso, com chapinha, piastra e tantas outras coisas.( Não tenho nada contra e respeito as mulheres que querem seguir esse padrão de beleza.) Daí as mulheres de cabelos crespos se vêem em salões de beleza utilizando de todas as formas e fórmulas para alisarem o cabelo. Acreditam que somente isso é bonito, somente isso é belo. 

Que pena!

Esquecem de sua beleza natural, que seus crespos são falam sobre suas raízes. Neles está contida sua história. 

Sou tataraneta de homens e mulheres que foram trazidos de regiões africanas para serem escravizados neste Brasil. E isso tem muito significado pra mim.

Saber de sua história, de sua origem, do sofrimento que os seus passaram (e continuam passando)... Precisamos de pensar em tudo isso para nossa presença na sociedade. Já disseram tantas coisa horríveis sobre nossa cor, nosso cabelo, nossos traços...

Já fui uma dessas que quis ter cabelos lisos... Mas chega uma época que começamos a perceber quem tá mandando na mente de quem.

Sou vaidosa com meus cachos. Frequento o Beleza Natural, que muito ajuda essas mulheres a valorizar a beleza da mulher que existe em cada uma de nós.

Quem quiser ler mais sobre este tema, sugiro um belo texto. Clique aqui.

Foi um pouco desabafante esse post né? Necessário fazer isso de vez em quando.

Com esse post, também participo da campanha #naoprecisodecadiveu



Abraço pra vocês!




13 comentários:

Ana Paula disse...

Desabafo extremamente necessário. Essa massificação da chapinha é horrível.
Eu também tenho cabelo crespo e adoro meus cachos!
Agora essa pessoa escrever que é uma brincadeira divertida e contagiante é totalmente sem noção.
Tomara tenha chovido mensagens indignadas para ela repensar na sua postura.
Muito bem colocado seu post. bj

lena disse...

Os cabelos com caracóis e Crespos também tem a sua beleza e dão para fazer penteados lindos.
Beijinhos grandes.

Letícia disse...

Adorei o desabafo!!! Concordo com cada palavra que disse! Digamos um "SIM" à beleza natural de cada mulher!!! :)

Seus cachos são lindíssimos!!!
:D

Carolina Lima disse...

Ana Virgínia,
apoio a sua postagem e desabafo. É lamentável esses padrões de beleza. Eu acho lindo os seus cabelos e tantos outros cacheados.

Linda a sua foto!

Uma ótima semana!
beijinhos :**
Carol
Um blog simples
Facebook

Raquel Santos disse...

Concordo com vc em gênero, número e grau! A mídia impôs esse padrão de "beleza" e muita gente embarcou nessa. Inclusive eu, por muitos anos tive os cabelos "lisos" mas assim como vc,hoje em dia tbm trato meus cabelos no Beleza Natural e estou amando meus cahos e quando quero (e tem sido frequente rs)coloco ele black power.Estou amando! ótimo post.Bjos

Jussara Neves Rezende disse...

Que brincadeira contagiante, que nada! Propaganda preconceituosa, SIM, oriunda de um pensamento massificador que prega determinados padrões nos quais as pessoas devem sem enquadrar.
Muitíssimo válido seu post e foto!
;)

® Souza (de Toledo) disse...

“Poucas pessoas são capazes de expressar com equanimidade opiniões que diferem dos preconceitos do ambiente social delas.”
Albert Einstein

® Souza (de Toledo) disse...

A mais de um ano atrás (em 2011) uma polêmica semelhante: http://virgula.uol.com.br/ver/noticia/lifestyle/2011/08/18/282359-anuncio-da-nivea-e-considerado-racista

Adriana Balreira disse...

Ana Virginia,
As pessoas tem que entender que não precisam seguir uma moda, podem ser o que elas quiserem. Enquanto não mudar a cabeça dessas pessoas, existiram propagandas como essa, infelizmente! Cada um tem que fazer sua parte! E parabéns pelo texto.
Beijos
Adriana

Poliana Lima disse...

Eu tmb tenho cabelos crespos e não me senti desmerecida nem nada.. porque cá entre nós, 90% das mulheres com cabelos iguais aos nosso recorrem a tratamentos capilares para "alisar".. de qualquer forma acho que fica a adica para essa industria da publicidade prestar mais atenção na hora de elaborar uma campanha né.

www.amigatobonita.com

Flá Romano disse...

Oieeee
Tudo bom??
Eu nao tenho cabelo afro, mas acho lindoooo que tem e assume ele!
Sou publicitaria e não gostei nada da campanha, acho que eles tentaram fazer algo engraçado, mas acabou que ficou abusivo e talvez até de "deboche"...
Bjos
http://morenanude.blogspot.com.br/

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Virgínia, eu tinha escrito um comentário monstruoso em desacordo com essa infeliz campanha. Quando coloquei para publicar der ERRO 503 e eu perdi o comentário. Acho que estava muito ProntoFalei o danadinho. Enfim como meio "carioca do brejo" você já sabe a minha opinião sobre o racismo e sobre a infeliz propaganda. E olha que eu estou começando a ficar careca, kkk!
Bjoooos
Manoel

juliana aquino disse...

Nossa isso é preconceito sim .. não trocaria meus cachos por outro tipo nem um de cabelo meu cabelo e assim e vai ser sempre assim (:

<< >>