Entre as montanhas de Minas

Entre as montanhas de Minas encontramos paisagens maravilhosas.

Um dia desses estivemos em um sítio perto da cidade de Chácara-MG.

Lindo lugar!!!







E tudo fica melhor quando estamos perto de quem amamos...







Um dia lindo!!! Um entardecer perfeito!
Assistindo o por do sol de camarote!




São lindas as obras de Deus.

Bjos pra vocês.

Ana Virgínia





Divulgando sorteio


Participe deste delicioso sorteio do blog Gosto Disto.




Bjos.

Ana Virgínia


Educação Brasileira - Desabafo!!!

Educação





Na educação I : Governantes querem evitar leitura de Guimarães Rosa, Clarice Lispector,  Nelson Rodrigues ou Oswald de Andrade, entre outros. A justificativa é que alguns textos destes autores não são escritos na norma culta da língua e também apresentam conteúdos com  “elevado teor sexual, descrições de atos obscenos, erotismo e referências a incestos”.

Justificativa fraca!!! Os alunos serão mais inteligentes se tiverem contato somente com textos escritos na norma culta? Os alunos são tão puros e inocentes a ponto de ficarem assustados e/ou surpreendidos com o conteúdo dos textos?

Eu que fico assustada e surpreendida quando escuto certos conversas que envolve sexualidade, erotismo e violência entre crianças e adolescentes.

Sobre esse projeto do Deputado Bruno Siqueira, clique aqui 


Na educação II : Professores são proibidos de merendar nas escolas. A "alimentação escolar é destinada exclusivamente aos estudantes, sendo proibido o consumo por professores e quaisquer outros funcionários." **Algumas leis eles cumprem, outras não**
Indignação? Que nada! O valor da merenda escolar custa ao governo R$ 0,30 por dia, por aluno. Se o professor também merendar o governo terá muito prejuízo. Notícia aqui!


A realidade:

Enquanto  o governo se preocupa com a qualidade da educação brasileira o povo se encanta com a programação educativa no domingo a noite... uma mulher bonita ficando careca... 

#Desabafo



Crespo é fashion!

Fotos que retratam

Admiração

Respeito

Amor

Crespo é lindo!
Crespo é fashion!












Todas as fotos foram retiradas da internet.
Se uma delas pertencer a você, me informe para eu dar os devidos créditos


Beijo pra vocês.

Che Guevara - o fotógrafo

Todos sabemos que Che Guevara foi um guerrilheiro revolucionário.
Porém, poucos sabem que ele também era fotógrafo.





A imagem abaixo desse homem de terno e chapéu numa praia, em companhia de uma mulher, com os navios ao fundo, foi feita por Che Guevara na década de 50.

“Antes de ser comandante eu era fotógrafo”, dizia ele.




Entre 1950 e 1960, Che retratou crianças, paisagens, operários e anônimos, como também realizou belíssimos auto-retratos.

Trabalhou algum tempo para uma agência argentina, onde cobriu os jogos pan-americanos de 1955, no México.

Fonte: aqui 

No último dia (Iacyr Anderson Freitas)


Poema de Iacyr Anderson Freitas. Ilustrado com uma fotografia que tirei na Semana Santa.


No último dia



Chegado é o tempo
em que tudo se funde
sobre meu corpo.

O beijo me acusa às milícias
e eu sei
desde muito
que todo beijo é traição.

Conto os que me condenaram
e não compreendo
o assédio das mortes em mim,
o avanço de todas as digressões
contra meu nome,
esse azul que não se curva
diante de nenhum sacrifício.

Contemplo apenas
o que me coube.

Ao sul e ao lago
demovo os fogos
da transfiguração.

Chegada é a hora maior
em que o ar se ajoelha,
em que os numerais se fundem,
em que a trindade
rasura o zero dos milênios, em que
a eternidade inteira se escoa
na proa de um segundo,
em que à sombra de meu nome
os abutres oram e comem.

A hora em que Deus
coloca-se à prova

e compartilha comigo
o fardo
de ser homem.

In: FREITAS, Iacyr Anderson. A soleira e o século. Nankin / Funalfa, 2002.

Haicai

Eis-me aqui!

  • na condição de descendente de africanos trazidos para o Brasil a serem escravizados;
  • que escreve e fala português;
  • admira e tenta aprender o Haikai!

Assim se constrói nossa cultura, é dinâmica, reinventada!

  • Falaremos sobre Haikai







Haicai é um poema de origem japonesa, que chegou ao Brasil no início do século 20. No Japão, e na maioria dos países do mundo, é conhecido como haiku.

O haikai é um exercício de concisão e sobriedade, exprimindo um momento vivenciado no presente, isto é, o haikai acontece quando a transitoriedade fixa o aqui e o agora.

Sendo baseado na natureza, obrigatoriamente fala de coisas concretas, com existência física.

Formado de 17 sílabas distribuídas em três versos (5 -7 -5) ou seja, 5 sílabas no primeiro verso, 7 no segundo e 5 no terceiro verso, não ultrapassando 17 sílabas ao todo no poema.

Sem rima nem título utiliza-se do Kigô - termo de estação do ano – pois este representa uma das quatro estações: primavera, verão, outono e inverno.

Deve-se respeitar no haikai a linguagem da simplicidade evitando o “enfeite poético”, bem como não racionalizar o poema.

O ponto mais importante é captar o momento de cometer o haikai, pois o poema sugere um diálogo entre autor e apreciador. Esse momento pode ser considerado como um insight, flash, ou ainda, inspiração ao observar uma cena, o que requer persistência.  A emoção ou sensação sentida pelo autor do haikai deve apenas ser sugerida, permitindo assim que o apreciador do poema possa fazer re-acontecer essa emoção ao lê-lo, podendo assim, concluir à sua maneira o poema, portanto, não deve ser discursivo ou acabado.

Quer saber mais? 

Veja aqui



As esganadas - Desafio Literário mês de Março.

As Esganadas.

Primeiramente foi desafiante o tema deste mês. Não gosto de ler Serial Killer.

Sobre o autor... Não tinha lido nenhum livro do Jô Soares.

Sua escrita neste livro é uma mistura de suspense e humor.

Nos trechos de mais apreensivos conseguimos deixar brotar sorriso nos lábios. É como  se escutássemos a voz do próprio Jô Soares.

A trama acontece no Rio de Janeiro, em 1938.

Conta-nos sobre um jovem que assassinou a própria mãe por não gostar de sua obesidade e suas receitas portuguesas.

O filho é magro e amargurado. Herdou uma funerária chama Esfige e usa o carro da funerária como balcão de doces para atrair suas vítimas.




 Essas vítimas sempre são mulheres gordas que se assemelham à sua mãe. Cada vítima é empaçocada de doces antes de ser assassinada.

Leiam e divirtam-se.


Quaresma


Sexta-feira Santa é dia de penitência. 
Vejo o alho que comias. 
Do alho sinto cheiro, de você sinto saudade.

{AnaVi}


Microcontos e Nanocontos

Escrever microcontos é conseguir expressar uma ideia (um conto) num limite de caracteres. Lembrando que caracteres são letras + pontuação + espaços.

Considero que não seja fácil. Exige do escritor uma habilidade de trabalhar com as palavras de forma que o leitor consiga entender a situação que está contida naquelas pequenas frases.

Os nanocontos partem desse princípio.

Edson Rossatto se dedica a escrever nanocontos com exatos 100 caracteres. É autor do blog Cem Toques Cravados.



Os nanocontos estão para a literatura assim como as tiras estão para os quadrinhos: uma mensagem rápida, de sentido completo e instantâneo, num espaço reduzido (exatos 100 caracteres, neste caso).

Há algum tempo tenho frequentado o blog do Edson e me inspirado.



O que é o amor?

 Olá pessoal!

Semana Santa é a que eu mais trabalho. Por isso estou um pouco ausente aqui.


É possível que vocês já conheçam a história deste post.

Crianças de 4 a 8 anos respondem uma pesquisa realizada por profissionais de educação e psicologia. A questão da pergunta foi: O que é o amor?

Vejam as respostas:

1 - “Amor é quando alguém te magoa, e você, mesmo muito magoado, não grita, porque sabe que isso fere seus sentimentos” – Mathew, 6 anos

2 - “Quando minha avó pegou artrite, ela não podia se debruçar para pintar as unhas dos dedos do pé. Meu avô, desde então, pinta as unha para ela. Mesmo quando ele tem artrite” – Rebecca, 8 anos



3 - “Eu sei que minha irmã mais velha me ama, porque ela me dá todas as suas roupas velhas e tem que sair para comprar outras” – Lauren, 4 anos

4 - “Quando alguém te ama, a forma de falar seu nome é diferente” – Billy, 4 anos

5 - “Amor é quando minha mãe faz café para o meu pai e toma um gole antes, para ter certeza que está do gosto dele” – Danny, 6 anos

6 - “Se você quer aprender a amar melhor, você deve começar com um amigo que você não gosta. – Nikka 6 anos.



7 - “Durante minha apresentação de piano, eu vi meu pai na platéia me acenando e sorrindo. Era a única pessoa fazendo isso e eu não sentia medo” – Cindy, 8 anos

8 - “Amor é se abraçar, amor é se beijar, amor é dizer não” – Patty, 8 anos

9 - “Amor é quando seu cachorro lambe sua cara, mesmo depois que você deixa ele sozinho o dia inteiro” – Mary Ann, 4 anos

10 - “Deus poderia ter dito palavras mágicas para que os pregos caíssem do crucifixo, mas ele não disse isso. Isso é amor” – Max, 5 anos”.




 Selecionei 10  respostas para este post e acho que dá pra gente parar e pensar muito sobre elas.

Sempre gosto de me relacionar e indagar as crianças sobre várias questões. As respostas delas são ensinamentos para nossa vida. Elas conseguem enxergar o mundo de um modo único, sincero...

Estamos nos aproximando da Páscoa, dia que considero como a Festa do Amor.
Concordo com Max, da resposta número 10. Minha definição do Amor é a doação... Se doar para o outro, ajudar no que puder, ter compaixão das pessoas que sofrem... Enfim, ser imitador de Jesus.

Vejo o próprio Cristo em todas as situações citadas acima.

E você? Qual a sua definição de amor?

Bjo pra vocês!


<< >>