Projeto Tutu. Fazendo feliz quem nos ama!


Atualmente ando pouco frequente neste blog e nos blogs amigos.

Muito estudo e muito trabalho por aqui.

Hoje resolvi visitar blogs amigos. Essas visitas me fazem muito bem. Sempre encontro ânimo para minha vida.

No blog Negras no Altar encontrei um post perfeito “Cuide de quem te ama”.

Neste post conheci uma linda história. Vejam:

Ao descobrir que sua esposa estava com câncer, Bob Carey teve a ideia de tirar várias fotografias com uma saia de tule rosa, imitando uma bailarina.

 Isso para arrancar sorrisos e alegrar o coração de sua amada.







Dessa brincadeira nasceu o projeto TUTU.

O conjunto das imagens e histórias do cotidiano virou um livro: Bailarina.

O lucro da venda desses livros é destinado a ajudar outras mulheres com câncer de mama.


"Curiosamente, o câncer nos ensinou que a vida é boa, lidar com ela pode ser difícil, e às vezes a melhor coisa, a única coisa que podemos fazer para enfrentar mais um dia é para rir de nós mesmos, e compartilhar uma risada com os outros."
Bob Carey 



Achei simplismente linda essa ação.

Que bela valorização dos momentos simples da vida...

Essa semana mesmo eu conversava com uma amiga sobre o sentimento da saudade que habita meucoração. Falava para ela da dificuldade que tenho em lidar com a ausência das pessoas que amo. Pessoas que partiram. É doído, ainda mais porque aconteceu muitas perdas em um período curto de tempo.

Mas para não ficar na lamentação, busco viver plenamente com aqueles que amo, com aqueles que estão perto de mim.

Espero que tenham gostado desse projeto e aprendamos a cada dia fazer feliz quem nos ama.




5 comentários:

Rebeca Brito disse...

Anaa! Que bom que a matéria te inspirou. Realmente achei essa história uma lição de vida e uma motivação para cuidar ainda mais das pessoas que eu amo.

Beijo

Tina disse...

Simples, lindo, amoroso, ímpar.

Que seu fds seja simples e amoroso assim.
Beijos!

Gabi Soares disse...

Essa história é realmente linda!

Está rolando no blog sorteio um kit LUXO, não deixe de participar.
Beeeijo!

www.blogmundoparalelo.com

Margareth Gervason disse...

Sabe disso tudo ( além da seriedade do assunto) o que me comove é o amor pelo outro!
Ele debilitado ainda teve a preocupação de cuidar de quem ele amava.
Lindo
Obrigada pela visita , mas minha filha é a cara do pai..kkkk, é quem cuida de mim como uma mãe é quem eu tenho como meu oxigênio!
A saudade doí mesmo né?
Boa semana
Beijos coloridos!

Karina Fensterseifer disse...

Muito legal o post, parabéns! Obrigada por visitar meu blog, sempre bom conhecer pessoas interessadas!

Abraços,
Karina

<< >>